segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

:)(:


"A dor comia bocadinhos de nós. Partes de mim deixaram de existir. A certeza que fica é que para a vida valer a pena é necessário amar e ser amado, e ter muito cuidado com o cristal de que os outros são feitos. Os outros sim, que nós somos de aço. Excepto claro, quando choramos. "
.
Desconheço a autoria, mas, porra, isto é bonito!



2 comentários:

comboio turbulento disse...

Boa. O melhor é estarmos em "estado de graça":)

fel
iz
nata
l

espinhos e outras flores disse...

Obrigada.
Sim. A um passo do inferno, mas com o paraíso à vista, pelo menos enquanto formos capazes de sonhar.